Buscar
  • Juliano Sant'Ana

PARA QUEM TOMA DECISÕES

Neste texto, te convido a refletir sobre a importância da ADAPTAÇÃO aos mais variados cenários e a necessidade de seguir em frente, oferecendo como ilustração, o ambiente que me contribuiu com decisões importantes.


Hoje o convite é para esquecer as facilidade e sair do piloto automático no seu trabalho. A idéia é colocar o grupo para viver uma dinâmica empresarial fora dos padrões. O mundo está em constante movimento - tudo muda a toda hora - portanto, é preciso se adaptar. As idéias evoluem, as necessidades se transformam e as pessoas devem acompanhar essa roda viva.

Quem aprende a se inserir em ambientes distintos com eficiência e leveza, tende a ter mais sucesso nos âmbitos pessoal e profissional. Ao acordarmos de manhã, não sabemos o que vai acontecer no decorrer do dia. Podemos até fazer um roteiro, ter uma idéia, mas o que de fato vai suceder não está escrito numa folha de papel. E as empresas observam - como você se comporta diante do inconveniente diz muito sobre você.


"Não é o mais forte que sobrevive, nem o mais inteligente, mas o que melhor se adapta às mudanças." Leon C. Megginson

As máscaras caem em momentos de ambição e superação. Desta forma, vêm à tona, de maneira muito simples, a verdade de equipes e seus líderes. O Trekking tem o poder de motivar o grupo e apresentar aos gestores conceitos fundamentais para a construção de um ambiente de trabalho mais harmonioso. Os “perrengues” vividos em grupo também levam à reflexão sobre o poder de se adaptar. Citando Leon C. Megginson na década de 60, “não é o mais forte que sobrevive, nem o mais inteligente, mas o que melhor se adapta às mudanças."


Que este texto te tire da zona de conforto e te provoque inspiração e poder de adaptação! Grande Abraço! Juliano Sant'Ana

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo